Vem

Vem

Avisei que eu era complexa. Não escondo o que sou, mas as pessoas não acreditam. Se encantam, se apaixonam, se afundam em mim… Sem acreditar quando lhes digo que aqui não existe calmaria. São águas profundas, meu amor. Tormentas e Furacões. Sou estilo Yoko Ono, vim para marcar. Se eu entrar na tua vida, será para nunca mais sair. Deixo cicatrizes e lembranças.

Você me diz que não sabe lidar comigo. Eu sei. É difícil. Já viu meu mapa astral? Feito de opostos. É tensão. É briga. Vou do céu ao inferno em questão de segundos. Amo e odeio na mesma proporção.  Você diz me amar. Mas amar não basta. Já amei tantas pessoas das quais me separei. Deixei ou fui deixada. O segundo é pior, envolve ego. É preciso ter paciência, é preciso querer, é preciso ceder, é preciso ignorar, é preciso tanta coisa…

De repente a gente começa a achar motivos para justificar o caos.

De repente você me diz que temos que diminuir a frequência com que nos vemos.

De repente a gente não se ama mais.

De repente a gente nem se toca.

De repente o outro se transforma em um estranho.

..

..

..

Não existe metade para mim, é tudo ou nada. Já disse a Clarice.

Você, como tantas outras pessoas que conheci, é incrível. A diferença é que nos conhecemos em uma fase mais madura, mas em que eu estava dilacerada e negando o amor.  Entrei nessa, mais uma vez. Mesmo sabendo que o amoré essa coisa aguda, brutal e que como um livro, tem início, meio e fim.

Mas somos o nosso passado. Não sou leve e você com isso se incomoda. Sou um emarado de fios desencapados, prestes a se tocarem e entrarem em curto. Você não precisa ficar para essa explosão.

Amo você.

E eu, sempre tão segura de mim, sou dominada pelo ciúmes. Entregue a minha imaginação. Sou dominada pela possessividade e pela loucura. Isso não é amor. Quero o brilho nos meus olhos e o coração aquecido, com segurança, sem medo de te perder para o teu passado, sempre tão presente. Sou consciente de que ninguém nos pertence, apenas acrescentamos e escolhemos caminhar junto. Quero parceria diária, não alguém para alguns dias. Não sei como acalmar meus pensamentos, quando todos estão em você e, depois de meses, você não está aqui.  Não ficamos um só dia sem nos falarmos ou nos encontrarmos. E, de repente, a presença da tua ausência me coloca em desespero.

Não quero brigar, queria apenas você aqui comigo, com o teu sorriso ao me ver chegar e aquele abraço do encontro.

 

Vem.

Descobre o meu corpo.

Toda uma vida é pouco.

Pra gente se entender.

Estou te confundindo para te dizer:

AMO VOCÊ.

 

 

 

Anúncios