Mês: novembro 2011

Clarice

Marcos viveu por muito tempo em intensa tristeza e depressão.  O vazio que trazia em seu peito parecia ser infinito. Com o tempo, sempre o tempo, percebeu que aquilo, como tudo, era e foi passageiro. Deixou para trás todo aquele passado, triste e isolado, pois esse passado não cabia mais em sua vida, ao menos não combinava com a sua alegria e constante euforia. Seu coração estava agora acompanhado, batia ritmado e jamais parado. De Marina se despediu, com Clarice  se encontrou e  uma nova história se iniciou.

Abraços,

Sofia Aimée

Anúncios