Cotidiano

– Onde está?

– Em casa.

– Quer me ver?

– Venha.

Chegou tarde, eu iria começar a ler.

– Trouxe sorvete e bolachinhas de doce de leite, você come, né? – Afirmou com dúvida, já que para ele o fato de eu ter retirado certas coisas normais de minha alimentação (arroz, chocolate, carne, álcool, refrigerante, etc) seja algo bizarro. Abraçou-me… Aqueles abraços demorados de reencontro, seguidos de um beijo que é rapidamente interrompido por outro abraço.

– Estava com saudade. Se eu não venho, não te vejo… Então, aqui estou.

 A  ele relatei o  meu dia, reclamei um pouco da vida, perguntei da dele… Fazia frio. Convidei-o para dormir comigo. Aceitou. Minha mãe gosta dele. Ele me ama. Sai cedo… deixei-o dormindo. Já no trabalho, uma mensagem: ” Já estou com saudade”. Coisas bobas que mudam o nosso dia, que quebram a rotina e colocam sorriso bobo na face.

Abraços.

Sofia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s