Questão de tempo

images

Quis que você me quisesse, antes que eu percebesse que isso era mentira. Desejei que você me encontrasse, antes que outro alguém me levasse para outra viagem. Mas você esperou. Esperou o desejo ir embora, esperou a minha vontade mudar, esperou eu reconjugar o verbo amar. Apaguei o presente, escrevi o pretérito. Foi então que o desinteresse em mim se instalou, exigente fiquei, e você ? Você para a próxima fase não se classificou. Game Over, meu amor. 

Abraços, 

Sofia Aimée

Anúncios

4 comentários em “Questão de tempo

  1. Leio aqui e tento, verdadeiramente, não considerar como verdade cada palavra que leio. Tento não contextualizar cada texto seu ao momento presente. Você, sempre muito doce, chegou para mim esses dias tagarelando acerca de uma aula sobre Monteiro Lobato e sua professora. Dizia a mim, como que querendo dizer “viuuuu isso existe, não é mentira” que “Nem tudo o que o personagem fala é opinião do seu escritor, nem toda opinião do escritor aparece no personagem. Personagem fala, por meio do escritor, que é um instrumento, mas não o próprio.” Tentava me explicar que em um texto de 10 linhas, talvez apenas uma seja presente, ou nem isso. Explicando-me, com seu jeito afobado, que orassss eu escrevo por prazer, e meus sentimentos nem sempre estão ali, porque o que é de mais verdadeiro em mim é tão dolorido que eu guardo, escondo até mesmo de mim” É isso, é isso tudo, e mais, que fazem de você essa mulher/menina encantadora. Obrigada por cada momento que me permite estar ao teu lado, aprendendo, admirando e diariamente, me encantando.

    Grande Beijo e, mais uma vez, obrigada por me apresentar a Sofia Aimée, ela que me faz companhia nas noites em que não tenho a sua sabedoria para me completar.

    Diria, como você escreveu, que considerando ela personagem, ela é o oposto de você. Você que até tem uma certa melancolia, mas que é tão decidida, alegre, divertida que quem te lê aqui não imagina o quanto de beleza há em †i.

    EU.

    1. Acordar em um domingo como esse, ligar o note e ler tudo isso… “suspiros”
      O que dizer a você?

      Nada, aqui só Sofia pode escrever.

      Aprendendo contigo, muito. Amando cada momento ao teu lado, porque você faz o que eu tenho de melhor se manifestar. Porque você entendeu o que a escrita é para mim: escrita. Nem sempre colada na realidade, mas com um leve olhar para ela, pois além de transpiração ela precisa de algo para se inspirar.

      Bom, já falei de mais.
      Obrigada, obrigada por cada linda palavra.
      Beijos em você, que eu tenho adorado conhecer
      Sofia.

      1. Sofia… sua amizade é para mim um prazer, um presente que eu quero aproveitar. Você tb resgata o que tenho de melhor, acredite mocinha.

        Abraço, forte e apertado, sem passado e repleto de presentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s