Diz-me sentir desespero.

Desespero, por quê? Qual a raiz desse teu desespero tão desesperado a ponto de me aparecer aqui dessa forma descabelada? Apresenta-me ideias tão definidas, saber tanto o que quer e o que pensa que eu desconheço a razão desse teu desespero contido e a mim revelado. Sou essa pessoa, descontrolada e estragada emocionalmente que você conheceu Sempre fui. Nunca te mostrei ser diferente disso. Lembra? Dúvidas de uma garotinha. E o que você esperava de mim? Certezas e equilíbrios? Não, isso vai em sentido oposto a mim. 

Abraços,

Sofia Aimée

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s