Mentiras por vaidade

Se a verdade eu revelasse, seria por ela desnudada e ficaria sem proteção. 

Essa verdade que eu escondo e deixo em casa todas as manhãs.

Escrevo mentiras esperando ser tudo isso verdade.

Escrevo mentiras esperando que elas sejam realidade.

Escrevo mentiras para te ferir e encontro-me aqui em carne viva.

Melhor e mais …? Impossível.

A verdade é que quero as migalhas do teu pão (amanhecido, velho, duro e repleto de bolor)!

Tudo mentira, que alimenta a minha vaidade, coloca um sorriso no rosto e entristece o coração.

Escrevo mentiras e é essa a verdade.

Abraços,

Sofia Aimée

Anúncios

2 comentários em “Mentiras por vaidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s