Seguindo estrelas

Sigo palavras e busco estrelas,  que é que o mundo fez pra você rir assim.
Pra não tocá-la, melhor nem vê-la. Como é que você pôde se perder de mim.

Faz tanto frio, faz tanto tempo, que no meu mundo algo se perdeu
Te mando beijos em outdoors pela avenida

E você sempre tão distraída, passa e não vê, e não vê

Fico acordado noites inteiras. Os dias parecem não ter mais fim.
E a esfinge da espera. Olhos de pedra sem pena de mim

(…)

Já não consigo não pensar em você

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s