Angústia

A angústia o acompanhava. Dormia, acordava e permanecia o dia inteiro com ela. Sua presença incomoda, incomodava. Era latente e presente. Tinha momentos. Sua angústia era como uma mulher, cheia de fases. Muitas vezes vinha antecipando algo, fazendo com que ele sofresse por antecipação. Em outras representava o medo, a insegurança e a dor que pulsava em seu peito. E assim era, dilacerando, perturbando e nunca o abandonando.

 Abraços,

Sofia Aimée

 

 

 

Anúncios

4 comentários em “Angústia

    1. Para todos aqueles que têm a angústia como companhia.
      Um dia, e que seja breve, mandamos-a embora, com mala e tudo. Uma viagem apenas de ida. Quem sabe?!

      Abraços,

      Sofia Aimée

  1. Certamente, a angústia é um dos sentimentos mais perturbadores e talvez um dos tortuosos, porém trabalha lentamente. A angústia da dúvida, a angústia do correto, a angústia da decisão, a angústia da história, a angústia do presente, a angústia do sentir, e assim vai…

    Fique em paz e viva.
    Amanda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s