Mão

Ando pela rua em sua companhia

Sua mão na minha, minha mão na sua

Dedos que se tocam, 

Almas que se beijam

 

Minha vida é sua

Sua vida é  nossa

 

Quando sua mão não toca a minha

Meus dedos passeiam solitários pelo ar

Um caminho de muitos desejos

A busca dos seus dedos

O desejo de sua pele

A ânsia do novo entrelaçar das mãos

E de mitigar meus medos

 

Sua mão na minha

Minha vida na sua

 

Motivo de alegria, de vontade e de saudade

Quando sua mão não toca a minha

 

 

Abraços, Sofia Aimée

Anúncios

Um comentário em “Mão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s