Não é que…

morresse de amores por ela, mas conhecia-a há anos. Houve tempos em que a achava bastante inteligente, estúpido como sou. A razão disso é que ela sabia uma data de coisas sobre teatro e peças e literatura e essa treta toda. Se uma pessoa sabe uma data de coisas do gênero, levamos um certo tempo a descobrir se ela é realmente estúpida ou não. A mim levou-me anos a descobrir, no caso da amiga Sally. Acho que teria descoberto isso muito mais cedo se não tivéssemos andado tanto na marmelada. O meu problema é que, de certa maneira, acho sempre que a pessoa com quem faço marmelada é bestialmente inteligente. Não tem absolutamente nada a ver uma coisa com a outra, mas ainda assim acho sempre que é.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s