superação

Marcos não sabia nada de Mariana. Não tinha mais notícias suas. Na verdade, preferia não ter e quando tinha fingia não saber. Essa era a forma que ele encontrara para continuar vivendo. E assim era: todas as manhãs colocava uma máscara de alegria, com ela ia ao trabalho, à faculdade, as visitas diárias, e aonde ele fosse. Ainda que a máscara insistisse em cair ele não permitia. Porém,  ao retornar ao seu lar, sem que ninguém pudesse o observar, a máscara caia, e, então,  apenas uma lágrima escorria.

 

Abraços,

 

Sofia Aimée

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s