Palavras

Ele não sabia o que dizer. Ficava sempre angustiado com a situação. … Enfim, o encontro.

 

(…)

 

Nada fez. Tudo era sempre tão natural. Era disso que gostava, era dela que gostava. Apenas não lhe dizia, afinal tudo tão natural… tudo tão normal! Só sua ausência é que não era legal.

 

Abraços,

 

Sofia Aimée

Anúncios

Um comentário em “Palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s