obs: Não faz rascunho… perde tudo.

speak
---

Ele não sabia o que era aquilo que sentia. Acreditava saber, mas como ter certeza?  A certeza era sua busca, não queria dizer nada sem saber. Tinha a necessidade de materializar aquilo que sentia em palavras, ainda que essas, quando faladas, se percam pelo ar.

 Aprendera com a vida: “Fale apenas aquilo que souber, senão: cale-se”. Mas ele sabia, podia falar.

No fim…

Preferiu calar!

 

Abraços,

 

Sofia Aimée

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s